META AGÊNCIA

Marketing Digital para PME e Profissionais Liberais

META AGÊNCIA - Marketing Digital para PME e Profissionais Liberais

Reportagem Globo.com – Psicologia Esportiva

José Anibal Marques e Eduardo Cillo, sócios da ‘Interação Psicologia Esportiva’ – Cliente Meta Agência

Veja a reportagem completa


Rotina psicológica do Botafogo não muda em fase de queda no Brasileiro

Dupla de psicólogos segue com o trabalho individual e participações pontuais em palestras, evitando relacionar o momento atual com o passado recente do clube

A queda de rendimento do Botafogo no segundo turno do Campeonato Brasileiro e a queda para o Flamengo na Copa do Brasil rapidamente despertam uma relação com o passado de repetidos declínios em retas finais de competição. Mesmo com esses questionamentos, ligados ao lado psicológico, a rotina não foi alterada no trabalho realizado pela comissão técnica fora de campo.

Os psicólogos José Anibal Marques e Eduardo Cillo, contratados no começo do ano, seguem com seus trabalhos individuais. Eles também participam de algumas palestras anteriores aos jogos, mas evitam tocar nesse assunto.

O trabalho da dupla é considerado positivo pelo zagueiro Bolívar, um dos jogadores mais experientes do grupo atual. Para ele, os psicólogos são vistos como amigos na hora de desabafar.

– É muito legal essa parte psicológica. Alguns podem ter problemas pessoais e para conseguir separar isso não é fácil. Todo dia tem treino, a pressão por resultados. O trabalho deles é importante para nós – comentou Bolívar.

“A temporada inteira tem sido assim. Algumas pessoas podem estar insatisfeitas com a gente, mas estamos tranquilos, sabendo o que queremos em busca de nosso objetivo final.
Dória

Com apenas 19 anos, Dória também considera essencial o trabalho realizado pelos psicólogos. Eles ajudam o grupo a manter a concentração apenas na competição, mesmo nos momentos mais complicados.

– A temporada inteira tem sido assim. Algumas pessoas podem estar insatisfeitas com a gente, mas estamos tranquilos, sabendo o que queremos em busca de nosso objetivo final – disse Dória.

Acostumado com conquistas em sua carreira, Bolívar procura ajudar nesse trabalho. Ele conversa com os mais jovens e mostra as dificuldades enfrentadas em campo por um time de futebol.

– Acho que esse trabalho é mais relacionado aos mais jovens. A gente procura passar nossas experiências, e isso vem sendo fundamental – afirmou Bolívar.

Facebook, segundo o wikipedia

Facebook é uma rede social lançada em 4 de fevereiro de 2004. Foi fundado por Mark Zuckerberg, Dustin Moskovitz, Eduardo Saverin e Chris Hughes, ex-estudantes da Universidade Harvard. Inicialmente, a adesão ao Facebook era restrita apenas aos estudantes da Universidade Harvard. Ela foi expandida ao Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), à Universidade de Boston, ao Boston College e a todas as escolas Ivy League dentro de dois meses. Muitas universidades individuais foram adicionadas no ano seguinte. Eventualmente, pessoas com endereços de e-mail de universidades (por exemplo, .edu, .ac.uk) ao redor do mundo eram eleitas para ingressar na rede. Em 27 de fevereiro de 2006, o Facebook passou a aceitar também estudantes secundaristas e algumas empresas. Desde 11 de setembro de 2006, apenas usuários com 13 anos de idade ou mais podem ingressar. Os usuários podem se juntar em uma ou mais redes, como um colégio, um local de trabalho ou uma região geográfica.

O website possui 750 milhões de utilizadores,a posição do Facebook no ranking de tráfego de visitantes do Alexa, subiu do 60º lugar para 7º lugar. É ainda o maior site de fotografias dos Estados Unidos, com mais de 60 milhões de novas fotos publicadas por semana,ultrapassando inclusive sites voltados à fotografia, como o Flickr.

No Ad Planner Top 1000 Sites, que registra os sites mais acessados do mundo, através do mecanismo de busca do Google, divulgado em fevereiro de 2011, o Facebook aparece como 1º colocado, com 590 milhões de visitas e um alcance global de 38,1%.

.

http://pt.wikipedia.org/wiki/Facebook

Mídias Sociais x Mídias Tradicionais

As mídias sociais ou redes sociais (um exemplo de mídia social) têm várias características que as diferem fundamentalmente das mídias tradicionais, como jornais, televisão, livros ou rádio. Antes de tudo, as mídias sociais dependem da interação entre pessoas, porque a discussão e a integração entre elas constroem conteúdo compartilhado, usando a tecnologia como condutor.

Mídias sociais não são finitas: não existe um número determinado de páginas ou horas. A audiência pode participar de uma mídia social comentando ou até editando as histórias. O conteúdo de uma mídia social, em texto, gráficos, fotos, áudio ou vídeos podem ser misturados. Outros usuários podem criar mashups e serem avisados de atualizações através de agregadores de feed.

Mídia social significa um amplo aspecto de tópicos, com diversas conotações. No contexto de marketing de internet, mídias sociais se referem a grupos com diversas propriedades, sempre formados e alimentados pelos usuários, como fóruns, blogs, sites de compartilhamento de vídeos e sites de relacionamentos. Otimização das Mídias Sociais (SMO) é o processo de distribuir melhor, entre várias redes e mídias sociais, o conteúdo criado pelo público.

As mídias sociais têm dois aspectos importantes. O primeiro, SMO, refere-se às características que podem ser melhoradas em uma página, táticas que um webmaster pode aplicar para otimizar um site para a era da mídia social. Essas otimizações incluem adicionar ligações para serviços como Digg, Reddit e Del.icio.us, para que as páginas possam ser facilmente salvas e compartilhadas. Marketing de mídias sociais, por outro lado, engloba criação de conteúdo memorável, único e com potencial para virar notícia. Este conteúdo pode então ser espalhado través de sua popularização, ou até pela criação e veiculação de vídeos “virais” no YouTube, por exemplo.

Mídia social é sobre ser social, e isso quer dizer se relacionar e se envolver com outros blogs, fóruns e comunidades de nicho.

Pesquisadores brasileiros, como o professor Marcelo Coutinho, da Fundação Getúlio Vargas, desenvolveram visões bem próprias sobre o poder das mídias sociais. No capítulo do livro Do Broadcast ao Socialcast, editado pela consultoria Bites, Coutinho traça um paralelo entre a nova mídia e a sua versão clássica. O livro está disponível para download gratuito. Outro grande pensador dessa nova forma de relacionamento é o professor Silvio Meira, que entende que a sociedade tem hoje à disposição um instrumento revolucionário que pode alterar não apenas as relações sociais, mas a visão empresarial de algumas marcas de como elas devem se relacionar com os seus consumidores.

.

http://pt.wikipedia.org/wiki/M%C3%ADdias_sociais